Wednesday, July 11, 2007

Batuques no Terreiro – Honório Santos e seu Conjunto - Provavelmente anos 40



Batuques no Terreiro – Honório Santos e seu Conjunto – Compacto Duplo 45 rpm – Polydor – Provavelmente anos 40

01 – Vibram os atabaques; 02 – Salve o Reino de Oxossi; 03 – Sarava a Linha de Ogum; 04 – Rainha do Omolokô;

Todas as composições de Henrique Gonçalves;

Aqui temos mais um disco raríssimo. Honório e seu conjunto fazem parte daquela leva de músicos que se arriscaram a produzir música popular com inspiração Umbandista, onde os temas, o imaginário e as intenções rítmicas apresentavam abertamente a Umbanda nos seus conceitos mais básicos e evidentes. A capa – extremamente estilizada, quase uma saudável bizarrice (?) norte-americana e a estrutura melódico-harmônica expressam bem a época, pois a músicas lembram muito o que se fazia nas trilhas sonoras dos filmes da Atlântida e da Vera Cruz, além dos batuques apresentados serem muito próximos em suas cores das marchas de carnaval dos anos 30/40.


Rótulo original do disco

Uma orquestra completa pontua o disco, com metaleira, bateria, baixo acústico, violões e um bongô, que por vezes irrita um pouco, pois o arranjador, provavelmente com intenção de simular o clima afro dos tambores de terreiro fez com que o bongô tocasse o tempo todo em tercinas, simulando um 6/8 por trás das bases em 2/4, característica básica da maior parte dos ritmos brasileiros aparentados com a música Bantu singularizada nos Congos de Ouro e Cabulas, talvez os ritmos de terreiro mais próximos do samba.

Á parte esse detalhe, a bandinha é muito boa e a batucada come solta em todas as faixas. A lamentar, como na maior parte dos discos umbandistas, não se sabe quem são os músicos que ali tocam. Resta apenas a lembrança de uma música umbandista menos discriminada, em raríssimos disquinhos como este, que foi testemunha da importância da evolução da música de terreiro para a estruturação e construção da música popular brasileira.


Para ouvir a faixa 03, "Saravá a linha de Ogum", clique abaixo:

3 comments:

adriano carão said...

mermão! onde é qi tu arranja tanta coisa rara e boa?! cara - nem sei si "você" é só ua pessoa - parabéns pero blog! um dos mioh achado qi encontrei na internet! valeu, mermo! axé.

Yan Kaô said...

Olha, Carão, eu fucei, briguei e procurei muito, fiz amigos importantes e hoje o acervo consta com mais de 20.000 fonogramas. E a lentidão para a postagem é real porque eu sou real e sou só um, sim. Mas vamos levando a barca que o rio é longo e o mar é bom de peixe. Obrigado e volte sempre, que tentaremos o máximo possível atualizar sempre o acervo aqui na net!! Axé!!

adriano carão said...

lentidão? lentidão?! LENTIDÃO?!!! passei marromeno ua semana sem acessah e já tinha uas qinze postage enorme nova! axé.