Friday, June 01, 2007

O Rei do Candomblé - Joãozinho da Goméia - 1969


Capa original do LP 1969.


Capa do LP relançado em 1987.


O Rei do Candomblé – Joãozinho da Goméia – (LP – Fermata /Cáritas – 1969)

1. Bombogira; 2. Pemba; 3. Oxossi; 4.Caiaia; 5. Ogun; 6. Xangô; 7. Pavão; 8. Vou me embora pro sertão; 9. Sou da Mina da Santé. 10. Pedrinha; 11. Saudação a Logunedé; 12. Oxum;


Produção Artística: A . Schneider;

Produção: Todamérica;

João Alves Torres Filho Nasceu em 27 de março de março de 1914, na cidade de Inhambupe, Bahia. Filho de Pais católicos, chegou a ser coroinha. Ainda menino, descobriu o mundo dos Orixás e dos Caboclos; em 1924, aos dez anos, deixou a casa dos pais e foi para Salvador, onde trabalhou em um armazém. Lá conheceu uma mulher que considerava como sua madrinha; ela o levou pela primeira vez a um candomblé, o terreiro de Severiano Manuel de Abreu, o lendário Jubiabá, citado por Jorge Amado em uma de suas obras. Foi iniciado na nação Angola no dia 21 de dezembro de 1931. Foi um dos mais famosos Babalorixa´s do Brasil entre as décadas de 1940 a 1960. A rua Goméia, onde fundou seu primeiro terreiro no bairro de São Caetano, na Cidade Baixa de Salvador, lhe deu o sobrenome que carregou durante toda a sua vida. Sua fama atingiu todo o país quando se mudou para a cidade de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Desde sua chegada ao Rio, em 1946, o município da Baixada Fluminense tornou-se um grande divulgador dos cultos afro-brasileiros, com a popularização de inúmeros terreiros de Candomblé.



Joãozinho da Goméia foi um dos mais importantes e polêmicos divulgadores do Candomblé nos anos 60, fazendo da mídia e das artes seus grandes aliados. Faleceu em 19 de março de 1971, em São Paulo. Foi enterrado no cemitério de Duque de Caxias. O disco em questão é um clássico absoluto, onde pontos de raiz da nação angola se encontram com pontos tradicionais dos cultos da encantaria. “Pedrinha miudinha”, “Vou-me embora pro Sertão”, “Bombogira” são conhecidíssimos graças a este disco e são entoados até hoje, tanto em terreiros do Brasil inteiro como por artistas como o Cordel do Fogo Encantado e Rita Ribeiro.


Para ouvir a faixa 4: "Caiaia", clique abaixo:

2 comments:

lyliah virna said...

Parabéns pelo seu lindo trabalho, Mestre Obashanan.
Você é um orgulho para nós!
Aranauan
ly

ricardo said...

gostaria de tbm dar os meus parabens por esse lindo trabalho que eh de muito bom gosto.
gostaria de saber como posso adquirir algumas dessas obras citadas no site.se tem como compra las.por favor me mande a rsposta pelo email: rigorrigoroso@gmail.com.
obrigado omogiyn