Wednesday, November 29, 2006

Candomblé Brasil - 2000

Pai Cido de Oxun Eyin – Candomblé Brasil (Cáritas/Luzes - 2000) CD;
Faixas: 01. Exu; 02. Ogun; 03. Oxossi; 04. Ossain; 05. Obaluayê/ Omulu; 06. Oxumarê; 07. Nana Buruku; 08. Oxum; 09. Logunodé; 10. Oba; 11. Ewá; 12. Iansã; 13. Yemanjá; 14. Xangô; 15. Oxalufã; 16. Oxoguiã; 17. Hino do Candomblé; 18. Solidão (Verônica Pires);
Pai Cido acompanhado pelo coral: Gabriela, Valéria, Juliana, Carmen, Jussara, Rodnei e Enéas e pelos alabês; Marcelo de Xangô: Rum; Nilson de Oxossi: Lê; Maurício de Ogun: Rumpi; Adolfo de Logunedé: agogô; direção: Toninho Gudin; Pai Cido canta bem, mas o coral desafina muito. Os alabês são muito bons e salvam o disco. Uma estranhíssima aparição de uma faixa cheia de teclados cantada por uma tal de Veronika Pires faz o disco virar um exotismo.

Para ouvir a faixa 11, "Ewá", clique abaixo:


2 comments:

Toninho Gulin said...

Sem querer, acabei encontrando esse post sobre o CD do Pai Cido, o qual tive o prazer de dirigir. O nome correto é Toninho Gulin.
Quanto a Verônica Pires, que conta a última faixa do disco, foi uma forma do generoso Pai Cido que ajudar em sua carreira de cantora.
Hoje, ela é considerada a maior intérprete de Madonna no Brasil, cantando por todo o país.
Seu site é o www.madonnacover.com.br

Abs a todos

Yan Kaô said...

Caríssimo Toninho, obrigado pela visita e iremos corrigir seu nome quando da revisão que estamos fazendo em nosso blogue. Admiramos a atitude de Pai Cido ao ceder uma faixa de seu disco para ajudar a Verônica. Nosso comentário se deve tão somente ao fato de não haver uma explicação no disco a respeito, além de que muitos que ouviram o cd acharam estranha a inserção da faixa. Mas desejamos à Verônica todo o sucesso do mundo e que ela seja tão bem sucedida quanto a Madonna em sua carreira. Um abraço!!