Friday, January 09, 2009

Zélio de Moraes Recuperado!!




Estamos realizando um trabalho de recuperação de fonogramas muito antigos da Tenda Nossa Senhora da Piedade. Muitos deles nos foram cedidos por Mãe Maria de Minas e Pai Solano, da casa Branca de Oxalá. Outros nos foram cedidos pelo falecido Pai Demétrio de São Paulo. Todos conheceram Zélio de Moraes e dona Zilméa. Era nossa intenção lançar em cd através da Ayom Records este material, mas a direção atual da tenda não concordou. Mas para que nossos irmãos de todo o país possam usufruir deste material, iremos colocar alguns fonogramas recuperados para a apreciação dos mesmos, num resgate de vários pontos que já não são mais entoados em nossos terreiros.


Abaixo, apresentamos duas faixas, do Caboclo Cobra Coral, gravada em um gravador Telefunken no ano de 1914, com o som original da fita em péssimo estado. A seguir, a faixa recuperada. Depois, o ponto do Caboclo das Sete Encruzilhadas, antes e depois de ser recuperada em nossos estúdios. Foi um trabalho difícilimo, levamos cerca de três meses em cada uma das faixas, ajustando as freqüências para que os pontos voltassem a serem ouvidos. A medida em que formos recuperando algumas faixas (são centenas de pontos), iremos colocando aqui no blogue, para audição. Basta clicar no linque aí do lado, em Zélio de Moraes.




Ponto do Caboclo Cobra Coral original, gravado em 1915, cedida por Pai Demétrio:



Ponto do Caboclo Cobra Coral, recuperado:





Ponto do Caboclo das Sete Encruzilhadas original, gravado em 1932, cedida por Pai Demétrio





Ponto do Caboclo das Sete Encruzilhadas recuperado:

11 comments:

Farida said...

Parabéns pelo belo trabalho. Um abraço, Fárida

Michel Pires said...

Olá Irmão, trabalhos como este ajudam e muito a dignificar a Umbanda e mais, resgatar nossa cultura. Parabéns pelo trabalho. Michel Pires

ayomumbanda said...

olá obashanam parabéns mais uma vez..
uma pergunta
mãe zilméia esta viva???

Yan Kaô said...

Oi Clayton, motumbá axé! Me parece que está viva sim, mas não está bem de saúde.

Caique said...

Olá pessoal, o ponto dito como do Caboclo da Cobra Coral é na verdade o ponto do Caboclo Branca Lua. O curioso dessa gravação é que, ao que me parece, eles estão cantando para o Caboclo das Sete Encruzilhadas. O que faz sentido: Seu Sete Encruzilhadas tocava a tenda, através do seu Zélio, antes do Seu Branca Lua, através da dona Zilméia. O que explica a mudança no ponto.

Abraço a todos

Luis Henrique said...

Oi, vi que existe um templo em Rio Preeto, através do seu blog. Vc pode me passar o bairro e o telefone? Obrigado.

Laura said...

Olá, estou conhecendo o blog agora, e parece interessantíssimo, parabéns!

Gostaria de saber como acompanhar mais de perto, com as publicações recentes aparecendo em meu "painel" do blogger? Não encontrei nenhum item do tipo "acompanhe este blog"...

Obrigada!
Axé!

Yan Kaô said...

Oi Laura. Obrigado pala força. O linque de acompanhamento está ligado ali embaixo!! Saravá!!

Yan Kaô said...

Salve, Luiz, o endereço está ali em cima, embaixo da estrela. O telefone te passo por email. Nos escreva em obashanan2@yahoo.com.br. Ayan Irê Ô!

Yan Kaô said...

Olá, Caique. Na verdade os nomes são apenas referências para as faixas, para que eu não me perdesse na hora de masterizar,mas como o ponto não diz nada sobre o nome do Sr. Branca Lua -na verdade eles estão invocando o seu Tupiara - não tive esse cuidado, achei que fosse do Caboclo Cobra Coral (pois este ponto é muito usado para invocar essa entidade nos terreiros de Umbanda), embora o ponto diga que "Todo Caboclo quando vem da aldeia, ele traz a guia, a guia coral" (significando que eles dominam os três poderes universais nas cores do Branco Preto e Vermelho sob o signo de comando da serpente, antigo símbolo de poder patriracal), mas não se refere diretamente ao Caboclo Cobra Coral, realmente.

O ponto do Caboclo Branca Lua que era cantado na Tenda Nossa Senhora da Piedade é o seguinte:

Estou cansado

De curimbar

Lá na Jurema

Tem Oxossi Branca lua.

Em breve colocaremos ele aqui também, devidamente recuperado.

Ayan Irê Ô!!

Cláudia said...

Realmente o ponto citado como Caboclo Cobra Coral é do Caboclo Branca Lua cantando até hoje na Tenda Nossa Srª da Piedade. Na verdade o ponto é o seguinte:

Seu Branca Lua quando vem d'aldeia
Ela traz na cinta uma cobra coral
Oh, é uma cobra coral...

Outro é o tb citado na msg acima.